Pois é precisava de algo a que me dedicar que me fizesse distrair e deixar de pensar nas coisas chatas do dia-a-dia. Não sou uma cozinheira maravilhosa, nem nada que se pareça, por vezes faço pratos que me saem deliciosos outras nem tanto, mas o que conta é a intenção e essa é sempre boa...faço por gosto e pelo bom que é quando um prato nos sai com um gostinho delicioso :) Além do blogue comecei a comprar e a ler livros de culinária, ainda não estou na fase de inventar, estou mais na de recriar receitas que vejo, leio e se me agradam experimento.... bem confesso às vezes resolvo dar um toque próprio e pode acontecer não sair muito bem, mas não se preocupem... eu aviso. Também acontece o contrário, experimentar não mexer na receita e não sair nada de jeito. Em breve começo a colocar as minhas tentativas culinárias, espero que sirvam para vos dar alguns momentos bons.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Massa Gemelli com Abacaxi, Cogumelos e Tomate Chucha

Ainda não vos disse mas adoro comprar massas, de todos os feitos e tamanhos, e cada vez à mais variedades à nossa disposição. Quando vou ao supermercado dou sempre uma espreitadela no corredor das massas, e de vez em quando lá vem mais um pacote cá para casa, e o pior é que só mesmo eu é que como, o LR só lhes toca se forem mínimas e nalgumas sopas.
A minha última aquisição foi a massa Gemelli





E para o jantar de hoje foi direita à panela junto com abacaxi, cogumelos e Tomate, faço várias vezes esta massa fica muito saborosa e sabe bem nos dias em que não me apetece nem peixe nem carne, aproveito e uso esta receita para o passatempo do 1º Aniversário do blog http://que-massada.blogspot.pt/ 



Nº de Pessoas: 2
Tempo de Preparação: 25 minutos

Ingredientes:
-Massa Gemelli qb (pode usar outro tipo de massa se preferir)
- 1 embalagem de cogumelos
- Abacaxi qb
- Tomate Chucha qb
- 2 colheres sopa azeite
- mangericão
- orégãos
- mistura de ervas (têm várias ervas: tomilho, mangericão, ....)
- sal qb
- pimenta preta
- 3 colheres sopa vinho branco
- cebolinho fresco (não é obrigatório)

Preparação:
1. Colocar a massa a cozer numa panela com bastante água e sal e deixar cozer conforme instruções pacote.
2. Ao mesmo tempo colocar o azeite a aquecer numa frigideira, juntar os cogumelos, o tomate e o bacaxi. Adicionar os temperos e deixar em lume brando cerca de 15 minutos. No final deitar o vinho branco e deixar reduzir. Antes de colocar no prato deitar 2 colheres de sopa da água de cozer a massa.
3. Escorra a massa deite no prato de servir,coloque os restantes ingredientes por cima e se gostar parta cebolinho e coloque no prato.

Bom Apetite :)





Delícia de Iogurte com Morangos e Calda de Framboesa

Tinha framboesas a estragarem-se no frigorífico, não me apetecia batidos nem as framboesas simples ou com um pouco de açucar, como tinha também morangos e iogurtes de soja de frutos silvestres, não foi tarde nem cedo, o resultado foi um lanche leve e delicioso, que pode também servir como pequeno almoço e melhor que tudo dá uma sobremesa deliciosa, muito simples e rápida de fazer e que estou certa que vai fazer sucesso. Faça copos individuais e sirva a seguir ao jantar ou ao almoço.
 
 
Dose Individual
Tempo de Preparação: 15 minutos
 
Ingredientes:
- 200 gr de framboesas (usei frescas pode usar congeladas)
- 2/3 morangos grandes
- 1 iogurte de soja de frutos silvestres (pode usar antes iogurte grego, também fica óptimo, ou outro tipo de iogurte que prefira)
- mel qb
- 2 colheres sopa de água
 
Preparação:
 
1. Faça a calda de Framboesa, coloque as framboesas com a água e um pouco de mel (depende se gosta de coisas mais doces ou menos), numa frigideira e deixe reduzir em lume brando, cerca  de 10 minutos.
 
 
 
2. Coloque por camadas no copo ou taça em que vai servir a calda de framboesa; os morangos às fatias e o iogurte. Repita as camadas terminando com os morangos.
 
Depois diga-me se gostou.
 
Bom Apetite :)

domingo, 28 de abril de 2013

Massa para Tartes Doces


Ingredientes:
-200 gr farinha com fermento
- 1 colher sopa de açucar
- 200 gr de manteiga
- 1 gema
Preparação:
Misture os ingredientes da massa, farinha com o açucar, a manteiga (temperatura ambiente) e a gema de ovo, até conseguir fazer uma bola com a mesma. Coloque no frigorífico, embrulhada em película aderente, durante 1 hora.

Passado 1 hora retire do frigorífico, estenda a massa e coloque na forma de tarte.

Se for fazer uma tarte cujo recheio não vá ao forno, antes de colocar o mesmo tem que cozer a massa, pique o fundo da massa, coloque grão ou feijão por cozer por cima (para não subir a massa) e leve ao forno a 180º por 30 minutos (veirfique a meio como está a cozedura).

Se o recheio necessitar de forno, dependendo do tempo que o mesmo tem que estar no forno poderá não necessitar pré cozer a massa, veja os tempos sendo que a massa necessita de 30  minutos de cozedura.

Boas Experiências Culinárias :)

Molho (Calda) de Morangos e Frutos Silvestres

Uma receita básica que dá muito jeito. Pode aproveitar morangos e frutos silvestres que tenha a mais ou usar congelados. Depois de fria pode congelar para futuras utilizações. Dá sempre jeito caso apareçam visitas de surpresa, pode utilizar para sobremesas rápidas, junto com iogurte e mel; em crepes; para fazer folhados ou até sandes com queijo brie fica delicioso.
 
Pode usar para receitas mais complicadas como a minha Tarte Delicia de Morango e Frutos SilvestreTarte Delícia de Morangos e Frutos Silvestres com Natas
 

 Ingredientes:

- 200 gr de morangos congelados
- 150gr frutos silvestres congelados
- 3 colheres sopa açucar mascavado
- 2 colheres de sopa de água

Preparação:
Coloque as frutas, depois de descongeladas, numa frigideira com 3 colheres de sopa de açucar e a água. Deixer levantar fervura e mantenha em lume brando até fazer a calda (cerca de 15 minutos). Pode ajustar a quantidade de açucar a gosto. Se quiser pode também utilizar frutas frescas.

Boas Experiências Culinárias :)

Tarte Delícia de Morangos e Frutos Silvestres com Natas

Na 6ª feira fui jantar ao meu irmão e resolvi fazer uma tarte para levar, afinal são as melhores vítimas para as minhas experiências e ao meu irmão não lhe custa nada dizer a verdade no que se refere aos meus cozinhados, portanto não existe melhor cobaia, além de que é super esquisito com a comida.
 
 
Nº de Doses: 10
 
Tempo de Preparação:
Massa - 1 hora
Molho - 20 minutos
Forno -30 minutos
 
Os tempos são aproximados e várias coisas podem ser feitas ao mesmo tempo, enquanto a massa esta no frigorífico pode fazer o molho e bater as natas, pelo que não demora assim tanto tempo.
 
Ingredientes:
Massa:
-200 gr farinha com fermento
- 1 colher sopa de açucar
- 200 gr de manteiga
- 1 gema
 
Molho de Morangos e Frutos Silvestres:
- 200 gr de morangos congelados
- 150gr frutos silvestres congelados
- 3 colheres sopa açucar mascavado
- 2 colheres de sopa de água
 
Cobertura:
- 200 ml natas
 
Preparação
Massa:
Misture os ingredientes da massa, farinha com o açucar, a manteiga (temperatura ambiente) e a gema de ovo, até conseguir fazer uma bola com a mesma. Coloque no frigorífico, embrulhada em película aderente, durante 1 hora.
Passado 1 hora retire do frigorífico, estenda a massa e coloque na forma de tarte. Pique o fundo da massa, coloque grão ou feijão por cozer por cima (para não subir a massa) e leve ao forno a 180º por 30 minutos (veirfique a meio como está a cozedura).
 
Retire do forno e deixe arrefecer.
 
Molho de Morangos e Frutos Silvestres:
Coloque as frutas, depois de descongeladas, numa frigideira com 3 colheres de sopa de açucar e a água. Deixer levantar fervura e mantenha em lume brando até fazer a calda (cerca de 15 minutos). Pode ajustar a quantidade de açucar a gosto. Se quiser pode também utilizar frutas frescas.
 
 
Montar a Tarte:
 
Coloque o molho de morangos e frutos silvestres na massa já arrefecida. Fure antes a massa para poder absorver o molho.
 
Por cima coloque as natas batidas, só depois do molho estar frio, e leve ao frigorífico até servir.
 
 
 
 
Bom Apetite :)
 
 


Canja de Frango

 
Mais uma comida de consolo, pelo menos é o que lhe chamo, o que há de melhor quando precisamos de algo que nos aqueça naqueles dias mais frios, ou quando estamos mais em baixo com uma gripe, uma canja.
 
Não estou com gripe, mas continuo sozinha em casa e o frio parece que voltou temporariamente (espero). Existem muitas formas de fazer canja, mas esta é muito simples e rápida e fica óptima.
 
Número de Pessoas: 2
Tempo de Preparação: 45 min
 
Ingredientes:
- 1/2 frango (pode usar só as pernas ou só o peito, eu prefiro as pernas)
- Massinhas pequenas  qb(as que preferir: pevides, letras, couscous,...)
- 1 caldo de galinha
- 2 alhos descascados
- orégãos
- 1 folha de louro
 
Preparação:
 
1. Colocar o frango a cozer com a caldo de galinha os alhos, o louro e os orégãos. Quando o frango estiver cozido e pronto para desfiar rectifique o tempero para ver se necessita mais sal.
 
2. Junte as massinhas e deixe cozer em lume brando até estarem prontas.
 
 
Bom Apetite :)

Bifinhos de Perna de Peru


Continuo sozinha em casa, e por isso, a fazer coisas simples e pouco calóricas, tenho que aproveitar estas alturas, porque isto de fazer receitas deliciosas e depois não as comer está fora de questão.

Ontem fui às comprar aproveitei e comprei carne, o congelador já precisava. Gosto muito de perna de peru, mais do que do peito, a carne é menos seca, costumo comprar uma perna de peru e mandar fatiar fininha para grelhar ou guisar. Mas desta vez não me apetecia e então, mandei dessosar a perna e separar a coxa do resto, e decidi que em casa logo via o que fazia com esta peça de carne.

Assim foi cheguei a casa e a parte da perna guardei no congelar para mais tarde fazer recheada no forno (quando  fizer coloco a receita no blog). A coxa separei em 2 partes, uma delas parti a carne em cubos para fazer espetadas, também mais tarde, o resto parti em fatias para fazer bifinhos e aqui está o resultado, o almoço foram os bifinhos de perna de peru acompanhados com uma salada mista.

Ingredientes:
- bifinhos de perna de peru (qb) (dependendo do nº de pessoas)
- sal
- sumo 1/2 lima
- pimenta preta
- tomilho
ervas de provence

Preparação:

1. Temperar os bifinhos com os ingredientes indicados e deixar marinar cerca de 30 minutos.

2. Aquecer a grelha e colocar os bifinhos a grelhar cerca de 5 minutos de cada lado (se forem fininhos)


São óptimos  e ficam muito menos secos que os bifes do peito. Quanto às ervas que utilizei podem colocar outras a gosto, eu por norma nunca tempero os bifes da mesma maneira.

Bom Apetite :)

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Sumo de Abacaxi com Hortelã

Nada melhor numa tarde quente do que um sumo natural, um dos meus preferidos é de Abacaxi com Hortelã, o sabor da hortelã dá-lhe um gostinho especial. A primeira vez que bebi este sumo foi no Brasil e fiquei fã. E o melhor é que não há nada mais simples.
 
Nº de Doses: 1
Tempo preparação: 10 minutos
 
Ingredientes:
- 1/4 abacaxi
- 1 folha de hortelã
- água qb
 
 
Preparação:
1. Tire a casca e corte o abacaxi em pequenos pedaços, coloque num copo junto com a hortelã e um pouco de água (depende de como gosta do sumo, mais ou menos líquido, eu coloco muito pouca pois gosto dos sumos mais grossos e pouco aguados)
 
2. Com a varinha mágica triture até estar em sumo (pode usar uma máquina de sumos como é lógico, mas assim é mais práctico e mais rápido)
 
Pode juntar açucar  e gelo se preferir, eu bebo natural.
 
 
 
Bom Apetite :)


terça-feira, 23 de abril de 2013

Pão Rápido com Azeitonas e Rosmaninho

Pão, pão e pão, sou perdida por pão de quase todas as formas e feitios. Ontem  estava a ver um episódio de uma chefe conhecida que fez este pão, na série demorou cerca de 4 minutos, mas olhem que não demora muito mais.

Fiquei em pulgas para experimentar, pois parecia delicioso e muito rápido e fácil de fazer.

Hoje cheguei a casa e fui direita à cozinha e acendi o forno. Se forem rápidos ainda o fazem a tempo do jantar de hoje :)


Dei outro nome ao pão não me recordo do nome da receita.

Ingredientes:
- 450 gramas farinha com fermento
- folhas de rosamaninho qb
- 1/2 colher de chá de sal
- 1 colher de sopa de azeite
- azeitonas verdes qb (pode usar pretas ou com recheio de pimento)

Preparação:
1. Coloque a farinha, o rosmaninho cortado muito fino, o sal e o azeite num recipiente, abra um buraco no meio da massa e junte 225 ml de água. Misture bem (pode ser com uma colher não necessita usar máquina), até comçar a juntar a massa fazendo uma bola.

2. A seguir amasse com as mãos juntando os pedaços que possam estar separados

3. Coloque a massa numa tábua coberta com farinha e achate a massa em circulo



4. Espalhe as azeitonas partidas em pedaços pequenos por cima da massa e vá dobrando as pontas até fazer uma bola



 
5. Com o cabo de uma colher de pau, pressione a massa, como se a dividisse em 8 pedaços para lhe dar forma
 


6. Leve ao forno aquecido a 200º por cerca de 35 minutos
 
 
Pode colocar outros ingrediente no pão, chouriço, queijo...ou outros que lhe piscar o olho.
 
Pode fazer este pão para um lanche, como entrada duma refeição molhando em azeite e vinagre balsâmico.
 
Bom Apetite :)
 
 
 
 
 

Panquecas de Aveia e Farinha de Trigo Integral

Adoro panquecas e crepes, e estas são diferentes e ficam óptimas, vi a receita numa publicidade de um supermercado, fui comprar os flocos de aveia e a farinha integral, adaptei ligeiramente, e agora passo a vida a comer destas panquecas.... que desgraça :) Experimentem vão ver como são boas.

Doses: 4 panquecas
Tempo de preparação: 15 minutos

Ingredientes:
- 3 colheres de sopa de flocos de aveia
- 3 colheres de sopa de farinha de trigo integral
- 1 colher de sopa de açúcar (eu não ponho açúcar, prefiro sem, e depois adoço com o que coloco em cima quando as vou comer; caso pretenda p.ex. comer as panquecas com fruta convém por açúcar)
- 1 ovo
- 1 dl de leite

Preparação:
1. Misture os ingredientes secos (flocos; farinha e açucar, caso utilize)
2. Junte à mistura os restantes ingredientes e mexa bem com uma colher
3. Aqueça uma frigideira pequena (passe azeite no fundo, deite um pouco de azeite num guardanapo e espalhe na frigideira, se tiver um pulverizador pode usar em vez do guardanapo)
4. Deite com uma concha a quantidade necessária para forrar a frigideira, deixe cozer cerca de 1 a 2 minutos de cada lado (depende da grossura da panqueca) e retire da frigideira.


Depois é só usar a imaginação, eu gosto de comer as panquecas com mel e canela, mas pode usar o que preferir (natas com morangos; manteiga e açucar; ....)

Bom Apetite e Boas Experiências Culinárias :)

Salada Fria de Pescada

Mais uma receita rápida e muito fácil de fazer, pois já devem ter reparado que as últimas receitas que fiz, são muito pouco elaboradas, à uma razão, o meu LR está fora, e quando isso acontece, por norma, faço refeições rápidas e mais leves, já que é só para mim aproveito. Bem confesso que num ou noutro dia, faço exactamento o contrário, e dou por mim a preparar um jantar confortante, ou comida de consolo, como lhe chamo, e muito calórica,com tudo a que tenho direito. Depois pego no prato, sento-me no sofá e delicio-me frente à televisão. Mas desta vez ainda não aconteceu por isso aqui fica a salada fria de pescada.

Ingredientes:
- feijão verde qb
- ervilhas qb
- ovos qb (eu usei 3)
- batatas qb
- 2 lombos de pescada
- sal qb
- 1 ramo de tomilho fresco (opcional)
- azeite

Preparação:
1. Parta o feijão verde em tiras finas e coza junto com as ervilhas, as batatas ao cubinhos e os ovos. Junte sal qb.

2. Coza os lombos de pescada numa panela à parte com sal.

3. Quando estiver cozido parta os ovos e desfie os lombos de pescada e junte tudo. Tempere com azeite e junte o tomilho se decidir utilizar.

Caso pretenda pode também colocar salsa picada por cima, eu prefiro não o fazer.

A salada pode ser comida fria ou quente, dependendo do nº de pessoas pode colocar maior ou menor quantidade dos ingredientes.

Bom Apetite e Boas Experiências Culinárias :)

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Sobremesa de Gelatina com Morangos

Aos Domingos ao final da tarde dá-me sempre vontade de comer doces, desta vez fiz um muito fácil e que até não é dos piores para a dieta :)

É muito simples e fica óptimo, comemos como sobremesa ao jantar.

Nº Pessoas: 4

Ingrediente:
- 1 Gelatina de Morango da  Royal (pode usar outra marca, eu gosto desta)
- Água qb
- Morangos qb (usei cerca de 12 médios)


 Preparação:


1. Preparar a gelatina conforme indicações no pacote
2. Juntar os morangos cortados às fatias finas e colocar no frigorífico até solidificar

Pode utilizar gelatinas de outros sabores, mas tenha cuidado com a fruta que coloca, as frutas tropicais não resultam porque deitam muita água, só se forem frutas desidratadas.

Bom Apetite :)

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Termos Culinários Portugal - Brasil

A pedido de vários visitantes do meu blog resolvi fazer uma compilação de todos os termos culinários (pesquisei em várias fontes e compilei) que encontrei e resepectiva correspondência em Brasileiro (Português do Brasil). O resultado desta pesquisa foi a lista abaixo. Espero que vos ajude e Boas Experiências Culinárias :)

Termos de Cozinha

À descrição - à vontade
Aconchegar - Apertar
Almofariz – Pilão
Amassar – Sovar
Aquecer - Esquentar
Arrefecer - Esfriar
Assar – cozinhar

Biológico – Orgânico
Boião – Pote

Café da manhã - Pequeno almoço
Chávena – Xícara
Colar - Grudar
Colher de pau - Colher de tacho
Cozer - cozinhar
Deite a massa - coloque a massa
Decoração – Acabamento
Descolar - Desgrudar

Esmagar - Socar
Espumadeira - Escumadeira
Estaladiço - Crocante
Estufar - Cozinhar com a panela tampada

Fervedor - Leiteira
Fio de cozinha - Barbante
Frasco - Vidro
Frigorífico - Geladeira
Fumado - Defumado

Lume - Fogo
Lume brando - Fogo brando

Panar - Empanar
Panela tapada - Panela tampada
Papel absorvente - Papel toalha
Papel Vegetal - Papel manteiga
Passe-vite – Passapurê
Película aderente - Filme transparente
Pequeno-almoço - Café da manhã
Picadora - Processador de alimentos

Q.B. (quanto baste) - a gosto

Ramo – Maço
Rolo da massa - pau de macarrão

Porções - pedaços

Tempo de cozedura - tempo de cozimento
Tabuleiro – forma
Tacho/Panela - Panela
Talho - Açougue
Tasca, tasco - Botequim, Boteco

Varinha mágica – Mixer

Ingredientes
Abóbora-manteiga - Abóbora-menina
Açafrão das Índias - Curcuma, Açafrão da Terra
Açúcar amarelo - Açúcar de cor acastanhada, não refinado
Açúcar em pó - Açúcar de Confeiteiro
Aguardente - Pinga
Aipo – Salsão
Alfazema - Lavanda
Alho Francês – Alho-Poró
Alperce - Damasco
Ananás - Abacaxi
Anchova (em salmora) - Aliche
Aneto (endro) – Dill
Arroz estufado, arroz vaporizado - Arroz parboilizado
Azeite - Azeite de oliva

Bacalhau desfiado - Bacalhau migado
Bacalhau demolhado - Bacalhau dessalgado
Badejo - Abadejo
Beringela - Berinjela
Bife - Bife / Filé
Bola - Pãozinho rústico
Bolinho - Pastel
Borrego - Cordeiro, carneiro
Brócolos - Brócolis
Bulgur - Trigo para quibe
Bolbo – Bulbo

Caril – Curry
Carne de ovelha - Carne de carneiro
Carne picada - Carne moída
Cebolinho – Ciboulette
Cebolo - Cebolinha verde
Chouriço - Lingüiça portuguesa
Chalota - Echalote
Cidrão - Cidra
Claras em castelo - Claras em neve
Colorau - Páprica
Cogumelos - Champignons
Costeleta - Bisteca
Costeletas de porco - Carré de suíno
Côdea (do pão) - Crosta
Codornizes – Codornas
Coentros frescos - Cheiro-verde (Nordeste)
Colza - Canola
Courgette - Aboborinha Italiana
Crepe - Panqueca
Cubo de caldo - Tablete de caldo

Cravinho - Cravo, cravinho da Índia

Delícias do mar - Kani kama
Diospiro -  Caqui

Endro (aneto) - Dill
Entremeada - Barriga de porco
Erva-limão (ou erva-limeira, erva-príncipe) - Capim-limão
Ervilha torta - Ervilha de quebrar
Espargos - Aspargos
Empadão - Escondidinho, Torta
Entrecosto - Costela, costelinha
Erva-cidreira - Melissa, capim-cidreira
Escalope – Filé
Esparguete - Espaguete
Espigas - Pontas floridas de nabos ou de couves
Espetadas - espetinhos; brochetes

Farinha de Milho - Fubá
Farinha de Milho para polenta - Semolina
Fiambre - Presunto
Feijão-frade - Feijão fradinho
Feijão-verde - Feijão Vagem
Fermento padeiro - Fermento biológico fresco
Febra - Bife, filé
Fécula de mandioca – Polvilho doce / azedo
Filete - Filé
Fumado - Defumado

Gambas - Camarão Grande
Gelado - Sorvete
Gnocchi - Nhoque
Grelo - Broto, rebento, rama...
Gindungo (termo Angolano)  pimenta malagueta
Ginja   fruto de cor vermelho-escura
Glutamato monossódico - Aji-no-moto
Grumo - Grudo

Ketchup – Catchup

Leite magro - Leite desnatado
Leite gordo - Leite semi desnatado
Leite gordo - Leite integral
Lombinho de novilho - Filé mignon

Macedónia de legumes - Seleta de legumes
Malagueta - Pimenta dedo de moço
Mandioca - Aipim
Massa – Macarrão
Massa de trigo sarreceno japonesa - Lámen, macarrão japonês
Massada - Macarronada
Massapão - Marzipã
Mexilhão - Marisco
Migas  - migalhas ou miolo de pão desfeito
Mistura de salsa e de cebolinho picados - Cheiro-verde
Molho de Soja - Shoyu
Molho picante, molho de piri-piri - Molho de pimenta
Mozarela – Mussarela
Molho (de espinafres, etc.)- Maço
Molho de peixe - Nam pla

Nabiça - Cime di rape (It.), rama verde de nabo
Natas - Creme de leite
Novilho - Boi

Óleo de colza - Óleo de canola
Orégãos - Orégano
Óleo de Palma - Azeite de Dendê
Ovo cozido - ovo duro

Pá de porco - Paleta de porco
Paio - Lombo defumado
Pão de véspera - Pão amanhecido
Pão pita - Pão sírio
Pão ralado - Farinha de rosca
Pastel - Bolinho
Paté - Patê
Perna (porco, borrego) - Pernil
Pescada - Merluza
Pimentão doce - Páprica
Piri-piri - Pimenta Malagueta
Pinhões - Pinoles
Passa de uva - Uva passa
Pimenta preta - Pimenta do reino
Pimentos - Pimentão
Palitos de la reine - Biscoito champagne
Porco – Suíno
Passa de uva - Uva passa
Pimenta - Pimenta do reino
Presunto - Presunto defumado ou Presunto de Parma
Queijo creme - Requeijão cremoso
Queijo flamengo - Queijo prato
Queque – Muffin

Raia - Arraia
Rissóis - Rissoles
Rebento de Soja/Feijão-mungo - Broto de feijão
Requeijão – Coalhada
Ramo - Maço
Ramo de cheiros - Buquê garni
Rebento de bambu - Broto de bambu

Salpicão - Linguiça defumada
Salsa - Salsinha
Salsicha fresca - Linguiça calabresa
Salva - Sálvia
Sandes - Sanduíche
Sésamo - Gergelim
Sumo - Suco
Sultanas - Uva Passa Branca
Semente - Grão
Sorvete - Sorvete sem creme de leite
Tamarilho, tomate do Brasil - Tomate da árvore, tamarillo, tomate inglês
Tosta - Tostex

Tarte - Torta
Tartelete - Tortinha
Torta – Recambole

Vinho de arroz - Saquê

Cogumelos Salteados com Courgette


Não sei se vos acontece mas às vezes não me apetece sequer pensar em comer carne ou peixe, nesses dias dedico-me aos vegetais e seus semelhantes. Ontem foi o caso, cheguei a casa e pus-me a pensar o que ia fazer para o jantar, para o meu marido - um à parte a partir de agora quando quiser falar no meu marido passa a ser LR, continua marido mas assim é mais personalizado -  (não se alimenta só de vegetais de certeza :)) foram costeletas grelhadas com espinafres salteados. (fica para um próximo post)

E para mim ???? Como numa das minhas voltas pelo supermercado, sim gosto imenso de ir às compras de supermercado, ver as coisas novas e particularmente a área dos condimentos e especiarias, mas neste caso deparei-me com courgettes redondas, são o máximo conhecem ? Parece que sairam daqueles anúncios em que dão forma diferente aos frutos maças com forma de banana, ananás em forma de pera ....

Aqui fica a foto não é deliciosa:)



Não foi tarde nem cedo courgette e cogumelos para a frigideira e ficou delicioso. Podem usar como acompanhamento para carnes, fazer couscous e juntar os legumes - couscous com legumes - neste caso podem optar por fazer um Molho de Tomate  para juntar, ou comer como eu fiz: uma fatia de pão torrado com os legumes por cima e um ovo escalfado (a foto não foi a minha melhor experiência, por isso fica para a próxima; tenho mesmo que melhorar as minhas técnicas fotográficas ou arranjar uma máquina decente).

Nº pessoas: 2
Tempo Preparação: 30 minutos

Ingredientes:
- 1 colher sopa azeite
- 3 dentes de alho
- 1 colher de sopa de concentrado de tomate
- tomilho, orégãos e manjericão (usei frescos que tirei dos vasos a minha horta na varanda A Minha Horta na Varanda, mas pode usar secos)
- vinho branco qb
- sal e pimenta qb
- 1 embalagem de cogumelos
- 1 courgette (redonda ou não)
- 1 tomate maduro

Preparação:
1. Coloque o azeite, os alhos e o concentrado de tomate na frigideira, deixe refogar 3 a 5 minutos

2. Junte as ervas aromáticas, os cogumelos, a courgette e o tomate partido em pedaços médios. Junte o vinho branco e deixe evaporar

3. Acrescente o sal e pimenta e deixe ficar cerca de 15 minutos

Bom Apetite e Boas Experiências Culinárias :)